Como ajudar o seu pet a se adaptar a mudança de casa

pet mudança

As mudanças são feitas para melhorar algo ou uma situação, mas para alguns, ela pode ser um pouco complicado. Os pets por exemplo, são muito ligados a hábitos e aos espaços que já são acostumados.

Hoje vamos falar sobre a adaptação dos pets em casas novas. O lugar novo pode causar estranhamento a eles, devido a mudança do “seu território”.

Durante essa adaptação ao novo local, é possível que os pets adotem hábitos diferentes como latidos, xixi pela casa e mordidas em móveis. Isso acontece porque os pets possuem mais dificuldades que os humanos para se adaptar a lugares novos. Por isso, o dono do animalzinho precisa prepará-lo para essa mudança. 

Confira 3 dicas da Cão Cidadão que irão te ajudar nisso:

1 – Rotina


É muito importante manter a rotina, mesmo nos dias antes da mudança. Continue fazendo os passeios no mesmo horário de sempre, para que ele tenha o seu momento de lazer e relaxamento. Também não se deve mudar o banheiro, o local de sua alimentação e nem os horários.

No dia da mudança, mantenha o pet longe da bagunça e da aglomeração. Deixe ele de preferência, em um lugar que ele já está familiarizado, como em casa de amigos ou parentes.

2 – Sobre a adaptação

Nos primeiros dias no lar novo, observe o comportamento do seu pet e analise como ele está lidando com o ambiente. O ideal, se possível, é fazer a mudança em uma sexta-feira, pois assim você tem o fim de semana para dar mais atenção a ele, o que vai ajudar muito na hora da adaptação.

Brinque com seu pet nos diferentes cômodos da casa e evite mudar as coisas de lugar, por exemplo, deve-se manter o banheirinho dele em apenas um local e que seja de fácil acesso. A alimentação deve ser oferecida nos mesmos horários de sempre e não mude a ração, pois isso pode causar mais estresse em seu bichinho.

3 – Truques


Os pets adoram sentir o cheiro dos seus donos, pois isso os conforta e os deixa mais relaxados, tornando essa fase de adaptação muito menos difícil.

Mantenha os objetos com os quais o seu pet está acostumado sempre próximos, como brinquedos favoritos e sua caminha.

Fique sempre de olho para ter a certeza de que o seu pet está se sentindo confortável e se está se adaptando bem à mudança.

Caso tenha dificuldades nesse processo, procurar a ajuda de um profissional de comportamento, é interessantes para que ele passe por essa fase com mais calma.

Participe da discussão

Compare listings

Comparar